Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades.

Acesse nossa Política de Privacidade para entender como tratamos seus dados pessoais.

Jogadores da Seleção Brasileira viram marcas

Pesquisa
Categorias
Compartilhe esta publicação

17 de novembro de 2022

Por

Você sabia que NEYMAR JR., GABRIEL JESUS e DANI ALVES tiveram seus nomes registrados como marca?

Os jogadores registram seus nomes – e alguns também suas assinaturas – como marca para identificar artigos de vestuário, artigos esportivos, brinquedos e, em alguns casos, cosméticos e alimentos. Craques internacionais como Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Kyllian Mbappé também possuem registros de seu nome como marca nos territórios em que atuam.

Mas por que registrar o nome como marca?

Apesar de o nome civil de toda pessoa ter proteção assegurada a partir do nascimento, tal proteção é personalíssima e ligada a direitos da esfera civil, como honra, moral, entre outros. Tais direitos podem ser licenciados a terceiros para que esses os explorem comercialmente.

Por outro lado, a marca garante uma proteção comercial, com direito de exclusividade de uso para produção e comercialização de produtos e serviços. Além disso, a marca pode ser registrada em nome do jogador ou de empresa da qual seja sócio, possibilitando uma ampla exploração comercial pelo seu titular.

A equipe de Propriedade Intelectual do Salusse, Marangoni, Parente e Jabur Advogados está à disposição para auxiliá-los e esclarecer eventuais dúvidas através do e-mail pi@smabr.com ou do telefone (11) 3146-2400.

Pesquisa
Categorias
Compartilhe esta publicação

Utilizamos cookies por meio de Analytics coletando informações de localização, tipo de dispositivo e navegador. Para entender melhor como tratamos seus dados pessoais acesse nossa Política de Privacidade.