Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades.

Ao se inscrever na nossa Newsletter, você consente com o armazenamento dos seus dados pessoais por nós, para que possamos futuramente lhe encaminhar informações que possam ser do seu interesse. Seus dados não serão divididos com outras empresas.

RFB permite dedução dos valores pagos aos empregados nos quinze primeiros dias que antecedem o auxílio-doença, nos casos de Covid-19.

Pesquisa
Categorias
Compartilhe esta publicação

4 de janeiro de 2021

Por

A Receita Federal do Brasil – RFB publicou a Solução de Consulta Cosit nº 148/2020, por meio da qual informa que as empresas podem deduzir o salário do empregado do repasse das contribuições previdenciárias até o limite máximo do salário de contribuição, pago proporcionalmente ao período de quinze dias de afastamento que antecedem o auxílio-doença, desde que o afastamento tenha ocorrido em razão de contaminação pelo Covid-19.

O benefício será concedido pelo período de três meses, contado a partir de 02/04/2020 e desde que tenha sido concedido benefício de auxílio-doença ao empregado.

Caso haja interesse, nossa equipe de consultoria tributária coloca-se à disposição para tratar mais pormenorizadamente do assunto.

Pesquisa
Categorias
Compartilhe esta publicação